Estudo Semanal
Home - Evangelização em Células - Estudo Semanal

Buscando uma vida de santidade (2Cor 6,14–7,1)

Através de toda a Bíblia, a santificação tem sido um elemento essencial na relação entre Deus e seu povo. Esta qualidade de ser separado do pecado é uma característica fundamental da santidade de Deus, que tem que ser desenvolvida como parte do caráter de seus filhos.

Deus Quer um Povo Santo
Desde a criação, Deus quis um povo santo. Ele desejou uma comunhão especial com os homens que fossem capazes de andar e falar com ele numa união especial. “Eu sou o Senhor, vosso Deus; portanto, vós vos consagrareis e sereis santos, porque eu sou santo...  Eu sou o Senhor, que vos faço subir da terra do Egito, para que eu seja vosso Deus; portanto, vós sereis santos, porque eu sou santo" (Lv 11,44-45).

A Santificação é Essencial para ter Comunhão com Deus : A igreja em Corinto estava rodeada de imoralidade e falsa religião. Os cristãos eram freqüentemente tentados a voltar às más práticas do mundo. Paulo entendeu esta tentação quando lhes escreveu cartas de encorajamento.

Ensinou que o pecado não tem lugar na vida do cristão. Nos versículos 14 e 15 disse: "Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas? Que harmonia, entre Cristo e o Maligno? Ou que união, do crente com o incrédulo?"

Encontramos aqui uma lista de coisas que são totalmente opostas. Ele não nos diz que um pouco de mal pode coexistir com a justiça. Em vez disso, mostra que não pode haver tolerância do pecado na vida de um cristão. Pecamos, mas temos que admitir esses erros e procurar o perdão de Deus para manter a comunhão com Ele (1 Jo 1,9; 2,1).

Certas religiões e filosofias orientais ensinam que o bem tem que ser contrabalançado pelo mal e que cada bem é manchado por alguma quantidade de mal. Tais idéias contradizem frontalmente o ensinamento da Bíblia. Bem e mal são distintos e não podem existir em harmonia. Os discípulos de Cristo não podem comprometer-se com o erro.

O desejo básico de Deus permanece inalterado: Ele quer ter íntima comunhão com seu povo santo. Que faremos para aproveitar desta abençoada amizade com Deus? O primeiro versículo do capítulo 7 oferece a conclusão prática: "Tendo, pois, ó amados, tais promessas, purifiquemo-nos de toda impureza, tanto da carne como do espírito, aperfeiçoando a nossa santidade no temor de Deus."

Por causa do grande privilégio de sermos chamados filhos e filhas de Deus, temos que nos purificar de toda impureza. Não apenas 50%, 90% ou 99% do pecado, mas de toda imundície. Imagine uma garrafa cheia de água pura, onde se mistura apenas 10 ml de água contaminada. Você beberia sossegadamente desta água?

Paulo menciona duas amplas categorias de pecado que têm que ser expurgadas de nossas vidas:
- Impureza da carne. Isto incluiria todas as formas de imoralidade e mundanismo. Pecados sexuais, embriaguez, desonestidade e todas as outras características da carne têm que ser abandonadas. Pessoas que praticam tais coisas não terão permissão para entrar na eterna comunhão com Deus (Gl 5,19-21; 1 Cor 6,9-11; Ap 21:8).
- Impureza do espírito. Os cristãos em Corinto estavam rodeados pela idolatria, por isso Paulo usou este exemplo específico. Estamos rodeados de uma variedade de doutrinas humanas, de filosofias, práticas de espiritismo, etc. O verdadeiro cristão não pode continuar a participar de tais práticas impuras. Temos que limpar-nos de qualquer mal deste tipo (1 Cor 10,14), adorando somente a Deus (Mt 4,10).

Aplicações em nossa Sociedade
Estamos rodeados por violência, pornografia, desonestidade e falsa religião. Deus não pretende que nos isolemos deste mundo (Jo 17,14-21), mas que fujamos dos seus pecados (1 Tim 6,11) e brilhemos como luzes num mundo de trevas (Mt 5,14-16). Nunca foi fácil viver como povo santificado num mundo de corrupção e injustiça, mas é possível. Jesus provou isso durante uma vida de pureza sem pecado. É nossa responsabilidade seguir seus passos.

PARA REFLETIR:
1-De que forma as células tem colaborado com a sua busca de santidade pessoal?
2-O que te impede hoje de buscar a santidade: a sociedade, os modismos, os amigos? Como lidar com isso?

 

Voltar