Estudo Semanal
Home - Evangelização em Células - Estudo Semanal

CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2010 - “Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro”  (Mt 6, 19-24)

 O Individualismo afasta do Projeto de Deus

“A economia não é algo odiado, porém é preciso atentar para o modo de usá-la e desenvolvê-la. Não fazemos uma crítica a uma pessoa ou governo, mas a uma mentalidade de concentração de renda que coloca a economia como finalidade de vida ao invés de olhar mais a pessoa humana, principalmente as pessoas excluídas que devem ser mais consideradas”. A estrutura da Campanha não parte do econômico e ideológico, mas do Evangelho. “É justamente com o espírito da Quaresma que queremos colocar em discussão a economia que nos serve. Não vamos apresentar um novo modelo e derrubar o que está aí, mas queremos com esse tema dar mais razão à pessoa do que ao econômico”, completou dom Alberto Moura na apresentação da C.F. 2010.

Por isso buscamos:

  1. Criar laços entre as pessoas de convivência mais próxima, em vista do conhecimento mútuo e da superação tanto do individualismo como das dificuldades pessoais.
  2. Educar para a prática de uma economia de solidariedade, de cuidado com a criação e valorização da vida como o bem mais precioso.
  3. Superar a mentalidade consumista e  do descartável. 

Somos convidados a refletir sobre os horizontes da vida, num mundo onde a economia faz parte da realidade do cotidiano, mas no qual nos vemos imersos num “cenário” permeado por “loucuras”...

l a loucura do sucesso (Tens que ter sucesso)
l a loucura da felicidade (Tens que estar feliz todos os dias!)
l a loucura do consumo/ismo (Tens que comprar tudo o que puderes!)
l a loucura da normatividade (Não podes errar, tens que fazer tudo do jeito certo!)

Façamos aqui uma pausa para reflexão:

1. Você acha que essas considerações são verdadeiras?
2. Você ou seus filhos já sentiram essa pressão das “loucuras” da nossa época? (no trabalho, na escola, nos modelos de vida propostos pela propaganda).

A vida é muito mais que tudo isso. A vida é relacionamento saudável, é doação, é entrega por uma causa, pelo amor de pessoas. A vida é partilha e gratuidade, é compromisso com a construção de um mundo melhor. Viver é ser livre do sucesso a todo custo, da obrigação de ser feliz a todo momento, do consumo escravizante e de tudo o que impede o nosso crescimento e dos padrões e modelos que os outros nos impõem.

Um grande jornalista brasileiro há poucos dias visitando Porto Alegre e vendo algumas tradições e costumes que ainda mantém o Espírito interiorano nos relacionamentos dizia:
“Depois que saí de Bauru nos anos setenta e fui para grandes cidades não sei mais o que é comunidade”.

REFLITA:
Você tem um estilo de vida “só” ?
Você participa de algum grupo-comunidade, além da sua família?

Deus abençoe o seu caminho neste tempo favorável de voltar para o Senhor.

Siga o caminho com a bênção de Deus.

22-02-2010

Voltar