Estudo Semanal
Home - Evangelização em Células - Estudo Semanal

O ENTUSIASMO QUE VEM DO ESPÍRITO SANTO (At 2,1-4)

Irmãos e irmãs em Cristo!

Que bom que estamos reunidos também nós, como os primeiros cristãos. É O Senhor que nos reúne. Agora a família está completa. O Pai nos enviou o Filho e o Filho nos enviou o Espírito Santo. Cumpriu-se a promessa de Jesus: Eu vou para o Pai, mas enviarei sobre vós o Defensor. (conf. João 16,5-11)

Iniciamos o tempo da igreja, da comunhão com Deus e com os irmãos, o tempo do anúncio.

Além do significado que pode ser entendido como um estado de grande euforia e alegria, refletindo em uma consequente coragem, a palavra "entusiasmo" vem do grego e significa literalmente: "sopro divino" e ainda “o Deus que habita dentro”.

Entusiasmo é composto de duas palavras do grego en + theos, que literalmente quer dizer "em Deus".

O Espírito nos faz “ser-em-Deus”.
A primeira mudança que o Espírito Santo faz numa pessoa é devolver-lhe o entusiasmo e em seguida modificar o seu jeito de pensar. O mundo continua mudando a cada instante. Surgem novos problemas, surgem novas soluções, novas descobertas, novas tecnologias. O Espírito Santo é uma santa força que pode revolucionar a vida de uma pessoa.

Sou uma pessoa capaz de mudanças?

Sabemos que o corpo humano precisa movimentar-se para manter as articulações e os músculos sempre aquecidos. É verdade que também sem exercícios é possível viver. Não com a mesma qualidade e nem com a mesma perspectiva de longevidade, mas aparentemente a diferença é pouca. Aparentemente.

Assim podemos viver acreditando no Espírito Santo e recebendo-o em nossa vida, ou podemos viver indiferentes ao mesmo. Certo é que ele está à nossa disposição para nos devolver a cada dia a força do movimento da vida.  Ele nos impulsiona derrubando nossas preguiças e ajudando-nos a descobrir o quanto somos importantes para a construção do Reinado de Jesus neste mundo.

Uma pessoa cheia do Espírito de Deus tem força e equilíbrio para lutar contra os males do mundo. Um cristão cheio do Espírito Santo é um cristão corajoso, criativo e entregue a toda boa obra.

Creio que a história a seguir pode nos ajudar a entender o que o Espírito Santo faz com aqueles que  obedecem e escutam a sua voz.

Guillarme Apollinare escreveu:
Venham para a borda. 
Venham para a borda do abismo, ele disse.
Eles disseram que estavam com medo.
Venham até a borda, ele disse.
Eles vieram.
Ele os empurrou…
E eles voaram.

1) O que pretendia quem convidava para que se fosse até a borda? Era mais um convite ou um desafio? Por que você acha isso?
2) Por que os convidados temiam ir até a borda?
3) O que sabia quem convidou que não sabiam os convidados?
4) O que nos ensinam esses versos?
5) Você já fez esta experiência em sua vida?

A igreja em células é também chamada a igreja das duas asas: O Templo e as Casas. Quando Jesus nos enviou o Espírito ele não limitou os seus dons a algumas pessoas. Foi para todos que o Espírito foi enviado, com dons diferentes mas para todos. O Espírito nos dá asas para voar. Não tem sentido um cristianismo parado, de muitos fazendo pouco e esperando  que poucos façam tudo.

O Espírito nos foi dado para que fôssemos anunciar a notícia da salvação a todos os povos.

Só podemos entender o entusiasmo e a determinação dos primeiros cristãos a partir do Pentecostes. Gente de coração grande, de coragem ativa. Povo de discípluos missionários, testemunhas de um mundo novo.

No sentido da história anterior deixe que o Espírito “empurre” a sua vida para o “abismo” onde começa o grande vôo da vida. Não se diz que a fé é um salto no escuro?

Peça ao Senhor a graça de ter a coragem e o entusiasmo dos primeiros cristãos.

 Que a graça de Nosso Senhor Jesus Cristo e a força do Espírito Santo nos façam cristãos “em forma”, dinâmicos e entusiastas.

Voltar