Estudo Semanal
Home - Evangelização em Células - Estudo Semanal

DEUS CUIDA DE NÓS - Leitura: Mateus 6,24-34

Introdução: Muita gente vive um corre-corre para obter dinheiro, sucesso, fama, poder e às vezes se esquecem do principal: VIVER.
É grande o número de vítimas de doenças cardíacas, depressão, síndrome do pânico e tantas outras doenças que resultam do modo “louco” que vivemos. As pessoas lutam para adquirir bens que garantam bem-estar e felicidade e descobrem que não estão satisfeitas. Frustração, preocupação, insegurança, temor, ansiedade, angústia e desespero, esses têm sido os sentimentos alimentados à custa da cultura da concorrência, do mais forte, mais bonito ou mais esperto. Programas de televisão, como por exemplo, “Big Brother” (grande irmão?), “A Fazenda”, entre outros, mostram pessoas competitivas e predadoras. Nesses programas não há espaço para amizades verdadeiras, misericórdia para perdedores, nem prêmios de consolação, porque a ordem é vencer, a qualquer preço. A ordem do dia para estes programas é vencer custe o que custar. Vale tudo: trair, enganar, humilhar, etc.
 Segundo Jesus Cristo, viver é mais que isso! Ele veio à Terra, despiu-se de sua gloria, riqueza e poder, para nos ensinar a viver. Veja como:
1 – Não devemos nos preocupar: “Por isso eu digo a vocês: não se preocupem com a comida e com a bebida que precisam para viver nem com a roupa que precisam para se vestir.” (versículo 25a). Quanto vale o seu braço direito? E os seus órgãos funcionando de forma perfeita e harmoniosa? Muitas pessoas passam suas vidas preocupadas com o que vão comer ou vestir e se esquecem que Deus tem outras prioridades: felicidade, bem-estar, saúde física e mental e o desenvolvimento espiritual de seu povo.
2 – É preciso saber valorizar o que temos: “Afinal, será que a vida não é mais importante do que a comida? E será que o corpo não é mais importante do que as roupas?” (versículo 25b).
Se você perder o prazer de comer, podem colocar o prato mais caro para você apreciar que ele não terá sabor. Se você estiver com o corpo debilitado, doente ou deformado, a roupa de grife mais cara e elegante não lhe fará feliz. Se você estiver infeliz, deprimido, sozinho e sem perspectiva de ter com quem partilhar, o carro mais potente ou a mansão mais suntuosa não significará nada.
3 – É preciso focar no essencial: “Portanto, ponham em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus e aquilo que Deus quer, e ele lhes dará todas essas coisas.” (versículo 33).
Buscar a Deus é a prioridade nesta vida. Ele cuida de nós e de nossas necessidades. Assim como os passarinhos confiam em Deus para supri-los e vivem felizes, descobriremos que se fizermos o mesmo também seremos felizes. Deus é tudo que necessitamos! É a razão do nosso viver.        

Conclusão: A Palavra de Deus, diz que não devemos nos preocupar, isto não significa que devemos “cruzar os braços” e esperar que tudo caia do céu, mas confiar em Deus e fazer somente o que temos que fazer no momento presente. Assim evitaremos a ansiedade e teremos paz.

Perguntas
1 – O que mais causa preocupação e ansiedade na sua vida hoje?
2 – Você verdadeiramente confia em Deus?

27/07/2009

Voltar