Estudo Semanal
Home - Evangelização em Células - Estudo Semanal

CAVAR FUNDO (Lc 11,5-13)

Nas cidades, basta abrir a torneira e logo se tem água. No campo não é tão fácil assim. Muitos ainda cavam poços para obter água.

Durante o período de chuvas, esses poços dão bastante água, mas na seca ela pode faltar. Então a solução é cavar mais fundo, até um outro lençol de água.

Muitos acham que tudo deve acontecer por si. É só abrir a torneira para o líquido precioso jorrar. Pensamos que basta freqüentar a igreja e nossa sede espiritual será saciada. Enquanto tudo vai bem, até pode parecer assim, mas quando atravessamos desertos em nossa vida e nos sentimos angustiados, com sede da água viva que só Deus pode dar, precisamos cavar mais fundo.

Certo líder espiritual de uma grande igreja passava por um período de seca espiritual. Exigia-se tanto dele que se sentia vazio, esgotado, seco. Conversando com um amigo sobre esta situação de não ter nada para dar, este lhe disse: Você não se apresentou como voluntário para dar de beber a essa gente? De que se queixa agora? Não peça que o povo pare de solicitar água; cave mais fundo, até encontrar outro lençol de água viva onde você possa beber e dar de beber a seu povo.

Talvez você também esteja passando por um período de aridez em sua vida espiritual e não tenha mais nada para beber. Então só há uma maneira de sair dessa situação: cave mais fundo na Palavra de Deus, ore mais intensamente, procure mais comunhão com o Senhor, e você encontrará água viva, refrescante, abundante, suficiente para você e para quem depende de você. Permita que a Palavra de Cristo habite ricamente em seu interior, para que você possa transmitir novamente as riquezas do Senhor ao ensinar outros.

Para cavar mais fundo é preciso providenciar as ferramentas: oração, leitura orante da Palavra, estudo, momentos intensos de formação, mudança de hábitos, administração do tempo, e muita dedicação, porque em Deus se encontra a água pura, mas precisamos buscá-la e entregar-se mais na missão.

Nestes dias em que as células de evangelização voltam a acontecer nas casas, é bom lembrar que um dia a nossa igreja se propôs a cavar mais fundo e que você aceitou esse desafio de ajudar, de alguma forma, na tarefa de retirar água do poço para servir à população sedenta.

Aproveite esses dias para colocar-se na presença do Senhor e organizar a sua vida de tal forma que Ele possa contar com as suas forças no pastoreio do rebanho que pertence a Ele, mas que nos foi confiado.

Continue identificando as pessoas sedentas e ofereça-lhes água da melhor qualidade, do fundo do poço.

Nas células uns podem ser água da vida para os outros. Todos se doam, todos recebem e ainda sobra para os que estão com sede, mas estão longe do poço.

O pior é desistir de si mesmo, é deixar que o entusiasmo se perca. Guarde essa imagem do “cavar mais fundo” e leve-a consigo durante o ano. Muitas pessoas ao percebem a secura espiritual se entregam e desistem. O Senhor nos ensina a insistir, e não a desistir. Foi esse o ensinamento de Jesus quando falou da oração insistente.

Há momentos em que a água é abundante, mas há momentos em que só poderemos sobreviver se cavarmos mais fundo. Seja insistente e persistente.

Deus abençoe o seu caminho, a sua célula, o seu grupo de evangelização. Nunca desista de cavar mais fundo. Assim, “do seu interior correrão rios de água viva” (João 7,38b)

Pe. Juarez Dalan

PARA REFLETIR:
1.Partilhe com seus irmãos algum propósito para 2012 no sentido de responder aos apelos da reflexão acima

2.O que cada um de nós pode fazer para cavar mais fundo neste ano e dar água de beber ao rebanho do Senhor?  

Habite ricamente em vocês a palavra de Cristo (Cl 3,16)

Voltar