Estudo Semanal
Home - Evangelização em Células - Estudo Semanal

A APRESENTAÇÃO DE JESUS (Lc 2,22-40)

Queridos irmãos e irmãs,

O Evangelho da apresentação de Jesus, quando seus pais o levam pela primeira vez ao templo, tem uma grande reflexão que pode colaborar bastante com o crescimento da fé da nossa família. Vamos aprofundar alguns aspectos:

Cumprir a vontade do Pai

José e Maria, ao levarem Jesus ao templo 40 dias depois do seu nascimento, cumprem com obediência a prescrição de apresentar o filho primogênito do sexo masculino, para ser oferecido a Deus. Assim, a família de Nazaré, desde os primeiros dias da vida de Jesus caminha cumprindo a vontade do Pai.

Os pais, geralmente, se preocupam em proporcionar educação, instrução, trabalho e boa posição social para os seus filhos, mas isso não é suficiente.

Devem consagrar seus filhos ao Senhor desde o início de suas vidas. Devem educá-los para uma vida cristã fiel e coerente com tudo aquilo que está escrito no evangelho. Muitos pais se satisfazem em mandar os filhos à igreja ou à catequese. Essa imposição externa não basta se não for sustentada por uma convicção mais profunda. Educar na fé é muito mais que ensinar práticas religiosas.

Sabemos que as crianças aprendem muito mais com os olhos do que com os ouvidos. A vida cristã dos pais é o melhor método de ensinar catequese aos filhos:

- Se os pais rezam em casa, os filhos aprendem a rezar com eles;
- Se os pais leem a Bíblia, os filhos aprendem a procurar a luz de sua vida na Palavra de Deus;
- Se os pais participam fielmente na comunidade cristã, os filhos seguem-nos e tornam-se cristãos empenhados.
- Se os pais praticam o amor, o perdão, a generosidade para com os irmãos, os filhos imitam.
É assim que os pais cristãos da atualidade são chamados a "consagrar" seus filhos ao Senhor.

Todo tempo é tempo de buscar o Senhor

Num mundo em que o número dos idosos aumenta, Simeão nos é apresentado como um idoso exemplar: "Justo e piedoso", que compreendeu o sentido de sua existência. Seus dias estão chegando ao fim, mas está feliz e pede ao Senhor que o acolha na sua paz.

Também a profetiza Ana, outra pessoa idosa, de 84 anos, não se afasta do templo do Senhor. Não tem tempo para perder, não vai de casa em casa para conversas inúteis, para falar mal dos outros. Ela sabe que os dias de sua vida são preciosos e devem ser vividos na intimidade com o Senhor e a serviço da comunidade. Apesar da sua idade, com renovado ardor missionário,ela fala do menino a todas as pessoas com quem se encontra.

As pessoas idosas não se sentem inúteis quando vivem na expectativa da vinda do Senhor, a serviço dos irmãos e falando de Jesus a todos aqueles que estão à procura de sentido para própria vida.

Crescer em idade, sabedoria e graça diante de Deus e dos homens..."

Não podemos deixar de reconhecer também, que muitas famílias voltam à vida de fé pelo testemunho cristão dos seus filhos, pela alegria com que vivem sua experiência com Deus. Jovens que, como Jesus, se esforçam por crescer em sabedoria, em graça, diante de Deus e dos homens e assim ajudam a fazer da sua família a família que Deus quer... Oxalá a Família de Nazaré possa ser um modelo para todas as famílias, onde cada um encontre no outro um reflexo da luz de Cristo, para que ninguém caminhe nas trevas

PARA REFLETIR

1- Que lições Ana e Simeão podem nos dar para os dias de hoje?
2- Olhando para o papel que você tem na sua família, o que você se propõem a fazer nesta semana para que haja mais luz em seu lar?
3- Qual você acha que é a vontade de Deus para a sua vida? Como fazer para ser mais obediente a ela?

 

voltar