Estudo Semanal
Home - Evangelização em Células - Estudo Semanal

A LUTA PELA PERSEVERANÇA - Leitura: Gênesis 32, 23-30

Introdução:  O texto bíblico que fundamenta o estudo desta semana fala do patriarca Jacó lutando com um anjo do Senhor (na verdade, o próprio Senhor) nas proximidades do Rio Jaboque. Jacó estava para se encontrar com seu irmão Esaú, a quem havia enganado e roubado a bênção paterna e o direito de primogenitura (ver Gênesis 27, 1-40). Jacó temia a raiva de seu irmão e o mal que ele podia fazer à sua família. Jacó fez muitas coisas erradas. Em Malaquias 3, 6, as pessoas que não pagam seu dízimo, são chamadas de descendentes de Jacó (ele roubou o próprio irmão. O texto chama de roubo a negligência com o dízimo). Jacó significa: suplantador, aquele que “passaria a perna” nos outros. Ele enganou seu irmão, seu pai e o sogro. No entanto, ele estava arrependido, estava disposto a fazer as coisas de forma diferente. Deus se agrada quando nos dispomos a mudar a velha vida, os velhos hábitos e buscar regeneração. Porém, quando vamos confrontar as pessoas que prejudicamos, elas precisam ver que não somos mais os mesmos. É necessária uma transformação verdadeira. Nessa hora, Deus entra em ação, mas cabe a nós duas atitudes:

1 – É preciso lutar; “Aí veio um homem que lutou com ele até o dia amanhecer”. (versículo 25). Jacó lutou com um anjo. Ele lutava por sua vida, por uma nova chance, por uma mudança de seu destino. A luta foi muito árdua, como é toda a luta que travamos quando nos dispomos a mudar.
Ele lutou a noite toda, não parou um só instante. Jacó, porém, não desistiu, agarrou-se ao anjo e só largaria se fosse abençoado.
Devemos agir da mesma maneira, lutar sem descanso, agarrar a oportunidade de ser uma nova pessoa, sem erros, sem pecados, sem fraquezas, sem maldade.
Precisamos lutar com Deus (para alcançar sua graça, sem a qual qualquer esforço é inútil), com os homens, com a gente mesmo.

2 – É preciso perseverar; “Então o homem disse: — Solte-me, pois já está amanhecendo. — Não solto enquanto o Senhor não me abençoar — respondeu Jacó”. (versículo 27). Agarrar o anjo, perseverar até conseguir a bênção. Esse sacrifício vale a pena. Jacó foi transformado em Israel, um príncipe que lutou com Deus e os homens, e venceu. Nós também seremos vencedores; uma outra pessoa, melhor, experiente e viva, com a firme convicção de que a bênção foi alcançada.
               
Conclusão: Toda bênção tem um preço: luta e perseverança! Só conseguiremos alcançar nossos objetivos se realmente soubermos o que queremos, e, se não desistirmos de buscá-los, custe o que custar.

Perguntas
1 – Qual bênção você está buscando?
2 – Você tem lutado e perseverado na busca de sua bênção?

20/07/2009

Voltar