Estudo Semanal
Home - Evangelização em Células - Estudo Semanal

Alegrai-vos! Cristo ressuscitou! (Lc 24, 1-6a)

Experimentamos nesta semana os momentos da paixão, morte e ressurreição de Jesus e constatamos que a liturgia não é um momento separado da vida da gente. Não existe uma liturgia fora da vida. O que celebramos da vida de Jesus deve estar intimamente relacionado com a nossa própria vida, banhando-a com a luz dos acontecimentos.

Celebrar a páscoa é celebrar o túmulo vazio, celebrando a justiça, a vida, a fraternidade. Devemos ser cristãos da ressurreição. Da vida nova. Claro que tudo passa pela cruz, pela morte, mas se chega à ressurreição! O mundo que ainda está dentro do túmulo, ainda não se abriu para a ressurreição. Há muitos fechados dentro do túmulo, então, estão inquietos, perdidos, apavorados, pois estão procurando Jesus no lugar errado. O anjo disse: 'por que procurais entre os mortos aquele que está vivo' (Lc 24,5)?

Com a minha família, no meu trabalho, nos meus círculos de convivência, eu preciso ser uma pessoa como Jesus Ressuscitado, que  supera a morte, que faz de tudo para superar situações de escravidão e viver a serviço da vida. Preciso ser pessoa do túmulo vazio transmitindo a alegria e vida.

A morte, a dor, o sofrimento, tudo foi superado. Jesus deve ser para nós o mesmo com o qual se depararam as testemunhas da sua ressurreição. O Cristo está ressuscitado e  Ele é o mesmo que caminhou entre os seus discípulos, que curou e pregou para o povo, que exerceu o perdão e a misericórdia, que mostrou a face do Pai.

A manhã da ressurreição é o marco primordial da fé cristã. É neste evento que toda a obra da salvação ganha sentido. Do contrário, é vã tanto a fé como a pregação. Mas, de fato, Cristo ressuscitou dentre os mortos. Não estamos lidando com uma imagem, ou uma estória ilustrativa, mas com um fato histórico, cujo conteúdo é inegável.
O Ressuscitado nos pede justamente que o nosso testemunho seja o cumprimento de tudo o que Ele nos ensinou durante sua caminhada terrena. Isso é ser um cristão hoje. É ver Jesus não como um Deus sangrado e derrotado, cuja história se encerrou no sepultamento da sexta-feira santa, mas sermos cristãos vivos na alegria da sua glória: Alegrai-vos, o Senhor ressuscitou! E nós vamos cantar e anunciar: Aleluia, o Senhor ressuscitou!

É Páscoa! Já não fico preso ao meu passado. Já não fico curvado sob o peso das pedras que querem sepultar as minhas esperanças, porque Cristo ressuscitou e vive. Começo a compreender que Deus remove as pedras que as circunstâncias, eu mesmo ou outras pessoas edificam em torno de mim como prisões - porque Cristo ressuscitou e vive.

Páscoa: Volto-me para Cristo ressuscitado, e nasce em mim uma nova esperança!

ORAÇÃO DA FAMÍLIA

Senhor Jesus, muito vos agradava ser convidado para entrar na casa de vossos amigos, e com vossa presença entrava nessas casas também a saúde, a paz e a vida em plenitude. Nós vos pedimos, visitai hoje também as famílias de nossa comunidade e concedei a elas a paz, segurança e vida plena.
Ilumina-nos pra que, guiados pelo vosso Espírito, vivamos o serviço e a comunhão, promovendo a fraternidade e a paz, e que as dificuldades da vida não sufoquem o amor que derramastes em nossos corações.
Dai-nos, Senhor, a graça de celebrarmos em harmonia a Páscoa da ressurreição. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
FELIZ  PÁSCOA

29/03/2010

Voltar